Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Tá indo pra onde? parte 1: a meta

Você já teve a experiência de programar uma viagem por bastante tempo, criar toda uma expectativa, fazer os preparativos e depois, no meio do caminho ou mesmo ao chegar lá, ter uma sensação de vazio, de que não era bem aquilo que você tinha sonhado ou imaginado? De que talvez o itinerário ou o lugar escolhido devesse ter sido outro? De que a viagem ficou cara e não preencheu as suas expectativas ou de outras pessoas que levou junto com você?

 

No Evangelho vemos Jesus sempre a caminho de Jerusalém. Ele passa por várias aldeias, vilas e cidades. Ele se hospeda na casa de amigos, especial-mente dos pobres, dos mais simples. Ele valoriza cada lugar e cada pessoa ou grupo de pessoas com quem vai se relacionando, interagindo. Ele vai chegando da periferia, mas não perde de vista que Jerusalém é o centro, o coração da sua missão. Lá ele dará a vida pelos seus amigos. Na cidade santa ele, seguido de seus discípulos e discípulas, entra triunfal sob a aclamação do povo como sendo o Messias, o filho de DaviEm Jerusalém por si mesmo se apresenta para fazer a sua Páscoa: a passagem pela paixão, morte e ressurreição. Ele atinge plenamente a sua meta.

 

 

Jesus sabe exatamente quem é e qual a sua missão neste mundo. De onde vem e para onde vai, com quem vai, como vai e pra fazer o quê.

 

E você, pra onde vai? Pensando na sua vida toda como uma grande viagem, uma grande aventura, agora, nesse exato momento, onde você está, onde se situa? E pra onde você está indo? Você tem uma meta? Sabe o lugar aonde quer chegar, ou melhor, aonde precisa chegar? E chegando lá, vai fazer o quê? Pense nisso. Se estiver se sentindo meio perdido, saiba que não é o único. Mas é importante que pare pra refletir. Revisar essa sua história desde o início, perceber o itinerário, pode ajudar você a se re(encontrar). De repente, você andou pegando algum atalho, mas descobriu que nem sempre o caminho mais curto é o correto. Ou, em alguma bifurcação ou encruzilhada da vida escolheu a direção errada, aquela que não deu muito certo e precisa voltar lá atrás e recomeçar do ponto onde se desviou.

 

Para pensar nisso, que tal fazer uma leitura orante de uma passagem da Sagrada Escritura? Sugiro Lc 19, 29-40 ou Mc 11, 1-11

 

Faça a experiência e me conte como foi.

diacono.ricardoisaac@gmail.com

 

Deus ilumine o seu caminho!